Os 50 anos da Unicamp comemorado com livro de receitas

Iscas de fígadoSe você fez parte da Unicamp, seja como aluno, funcionário ou professor, e curte se arriscar na cozinha preparando delícias que vem de geração em geração, essa dica vai pra você! A universidade está produzindo, como parte das comemorações pelos seus 50 anos, que serão completados em 5 de outubro de 2016, um livro de receitas culinárias cedidas por integrantes da comunidade universitária.

“O livro é uma forma de homenagear, por meio da gastronomia, aqueles que contribuíram e tem contribuído para a construção de uma das melhores universidades da América Latina”, afirma Edison Lins, coordenador geral do Grupo Gestor de Benefícios Sociais (GGBS), financiador do projeto.

O funcionário da Assessoria de Comunicação e Imprensa (Ascom), jornalista e chef de cozinha Manuel Alves Filho é quem coordena o projeto que visa reunir pratos que traduzem memórias e afetividades culinárias de pessoas que têm história com a instituição.

De acordo com ele, qualquer estudante, servidor técnico-administrativo ou docente (em atividade ou aposentado) pode inscrever suas receitas, que serão avaliadas por uma comissão formada por representantes de diferentes unidades e órgãos da Unicamp. A publicação contará com 50 pratos. “O fundamental é que sejam receitas de família; aquelas que são transmitidas de uma geração para a outra. Quanto mais tradicional, melhor”, esclarece.

O livro de receitas fará parte de uma série especial batizada de Unicamp Ano 50, produzida pela Editora da Unicamp, que publicará 50 títulos ao longo do ano comemorativo do cinquentenário da Universidade. Segundo Edison Lins, a ideia é lançar o volume com as receitas durante um evento gastronômico, aberto a toda a sociedade, no campus de Barão Geraldo, em setembro de 2016.
Como participar

Os interessados em participar do livro devem acessar a página http://www.ggbs.gr.unicamp.br/form_personalizados/index.php/cadastro-receita e preencher o formulário específico. Nele, o interessado publicará sua foto e registrará seu nome completo, unidade ou órgão, telefone e e-mail de contato, tempo de serviço e, obviamente, a receita contendo ingredientes e modo de preparo. Esse registro poderá ser feito até 31 de janeiro de 2016.

Um cuidado importante, ressalta Alves Filho, é que o cedente padronize as medidas, utilizando como referência, por exemplo, xícara de chá ou colher de sopa. “Queremos que os leitores compreendam bem todos os detalhes, para que possam reproduzir os pratos com perfeição”, explica.

De acordo com a jornalista Maria Alice Cruz Paula, integrante da comissão organizadora do livro e funcionária do GGBS, junto a cada receita será publicado um breve perfil do cedente, destacando a sua trajetória na Universidade. “Além disso, cada pessoa que tiver a receita publicada terá direito a um exemplar, como forma de agradecimento pela contribuição”, adianta.

Tags:, , , ,

Categorias: Utensílios, livros, etc e tal

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: