Agricultura Orgânica: um debate necessário e bem-vindo

semana orgânicaPor Érika Soares

Os produtos orgânicos vêm cada vez mais ganhando força e visibilidades nos últimos tempos, mas ainda há muito a ser explicado para que as pessoas entendam o que realmente significa consumir orgânicos, que vai muito além da questão da saúde. De 15 a 20 de setembro, o tema poderá ser elucidado e aprofundado durante a XI Semana de Agricultura Orgânica, a ser realizado na Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), que fica na Avenida Brasil, 2340, no Jardim Chapadão.

A ideia é proporcionar um cenário que permita aos participantes compreenderem o contexto da agricultura orgânica, tanto no âmbito nacional como municipal. Para isso, estão previstas mesas de discussão, oficinas e visitas técnicas sobre as temáticas da produção, consumo e políticas públicas voltadas à Agricultura Orgânica.

De acordo com líder do convivium Slowfood Campinas e uma das organizadoras do evento, Zezé Ferri Viesi, os temas foram pensados de forma a englobar três eixos, passando pela produção, consumo e políticas públicas. “Esperamos com isso ampliar a participação dos diversos públicos, oferecendo elementos para poder estabelecer um diálogo construtivo e a partir disso visualizar perspectivas de desenvolvimento sustentável e contínuo para a agricultura orgânica”, explica.

Durante a semana, as atividades vão buscar mostrar a realidade, o que acontece e onde acontece, e como as pessoas podem se envolver e contribuir com esse movimento.

Para incentivar a participação nos eventos propostos – que são gratuitos –  durante a Semana de Agricultura Orgânica (confira programação completa ao final), Zezé comenta: “de forma bem simples, podemos pensar que nos alimentamos várias vezes ao dia, todos os dias, e que somos consumidores e fazemos escolhas. Então podemos pensar que queremos produtos saudáveis, que não prejudiquem a nossa saúde. Esperamos que o nosso ato de comer não prejudique o meio ambiente, que não elimine da cadeia espécies importantes, que compõe o cenário da diversidade. Por último, e talvez mais importante, esperamos que o nosso modo de vida não implique em injustiças sociais e desvalorize a cadeia produtiva que nos alimenta. A agricultura orgânica, por si, ajuda solucionar essas questões, então não é mais um produto vendável, é uma opção de vida, e é desenvolvimento para região.”

A XI Semana de Agricultura Orgânica de Campinas é uma realização da Associação de Agricultura Natural de Campinas e Região (ANC), CATI, CONSEA, EMBRAPA, Grupo de Estudos em Saúde Ambiental da FCM/ Unicamp, Horta Comunitária Cio da Terra, IAC, Prefeitura Municipal de Campinas, Programa de Extensão em Agroecologia/ Unicamp, Rede de Agroecologia da Unicamp, Sítio Terra Mãe, Slow Food e Trocas Verdes.

Confira a programação:
Para inscrever-se clique aqui

dia1

dia2

dia3

dia4

dia5

dia6

 

 

Tags:, , , , , ,

Categorias: Comer sem culpa

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

um comentário em “Agricultura Orgânica: um debate necessário e bem-vindo”

  1. 5 de setembro de 2014 às 1:47 pm #

    Republicou isso em Maiores de Quarentae comentado:
    Cada vez mais entendemos a necessidade de melhorar nossos hábitos. Alimentação Organiza é um meio no qual devemos literalmente cultivar de hoje em diante. Entendam melhor participando do evento “A Cidade Orgânica”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: