Use o alimento a seu favor

cuscuzdequinuaPor Érika Soares
Fotos: Arquivo Pessoal

Em um momento em que a preocupação com alimentação saudável é crescente, Entre Sabores conversou com a nutricionista Carolina Ferri Viesi Zibordi, que trabalha com gastronomia funcional, para trazer aos seus internautas algumas explicações e dicas de manter ou restabelecer o equilíbrio e o bem-estar do organismo, que serão apresentadas ao longo deste mês.

“Chegamos ao ponto em que a informação está mais do que nunca para todos! Alimentar-se bem é a base, como já dizia Hipócrates: ‘Que o teu remédio seja o teu alimento’”, comenta Carolina, que é graduada pela PUC Campinas, especialista em Personal Diet, pós-graduanda em Nutrição Clínica Funcional pelo centro de ensino VP Valéria Pascoal, membro da Sociedade Brasileira de Nutrição Funcional, associada ao Slow Food e integrante do Slow Food Campinas.

A primeira dica da nutricionista para melhorar funcionamento do corpo sem perder o sabor e o prazer de comer é querer verdadeiramente esta mudança. “Observarmos o nosso corpo é o primeiro passo, pois ele diariamente nos diz o que precisamos, quando estamos com fome, quando algo não nos fez bem e assim por diante. Nesse sentido, vale começar reparando em como está a sua alimentação e como o seu corpo reage a ela. É importante entender que precisamos de alimentos de todas as classes e que tudo precisa estar em equilíbrio”, comenta.

Nutricionista funcional Carolina Ferri Viezi Zibordi

Nutricionista funcional Carolina Ferri Viesi Zibordi

Estudiosa de diferentes dietas alimentares (vegetarianismo, macrobiótica, culinária natural, ayurveda, culinária e medicina chinesa, antroposófica, nutrição e gastronomia funcional, alimentação sem glúten, crudivorismo, entre outros), Carolina diz que é preciso eliminar o máximo possível os alimentos industrializados: refrigerantes, sucos de caixinha, biscoitos recheados, embutidos (salsichas, salame, presuntos, mortadela, etc), ‘fast food” em geral, o açúcar de mesa adicionado aos sucos, cafés, chás e às preparações doces, enlatados como milho, ervilhas e até os doces de leite, massas recheadas, molhos prontos, etc.

“Não fique seguindo dietas da moda. Procure sempre ter alimentos frescos em sua casa e opte sempre que puder pelo orgânico. Consumindo os alimentos orgânicos, além de fazer o bem para sua saúde evitando a ingestão de hormônios e aditivos químicos, você estará contribuindo com os produtores locais, fortalecendo essas produções e respeitando o ciclo natural da terra”, explica.

Para começar a mudança, Carolina apresenta uma receita prática e funcional, além de saborosa. Confira:

Cuscuz de Quinua

Ingredientes:
1 e ½ xícara de Quinua
Farinha de milho até dar o ponto
1 cebola média picada
3 dentes de alho amassados
1 xícara de caldo de legumes caseiro
1 cenoura
1 berinjela pequena
1 abobrinha pequena
1 bandeja de shimeji
Ervas finas à gosto
Sal marinho à gosto
1 col café de açafrão em pó
1 ovo cozido
Folhas de salsinha
Óleo de coco

Modo de Preparo
Cozinhe a quinua conforme orientações do fabricante, colocando um pouco de sal, ou até ficar bem macia. Enquanto isso, caso tenha um processador de alimentos, processe a cenoura descascada e a abobrinha até ficarem bem picadinhas; retire a casca da berinjela e pique em quadrados pequenos e reserve. Lave bem o shimeji e pique em pedaços médios e reserve.

Doure a cebola e o alho no óleo de coco, acrescente o caldo de legumes e vá mexendo. Logo após despeje os legumes processados e a berinjela, misture muito bem e deixe em fogo médio para começas a cozinhar; acrescente o shimeji e continue mexendo.

Acrescente um pouco de água, despeje junto a panela a quinua já cozida e mexa bem. Coloque um pouco de ervas finas, o açafrão ou outro tempero à gosto. Mexa bem. Veja o sabor e corrija com o sal. Acrescente mais água, se necessário, mexa bem e vá adicionando a farinha de milho. Mexa vigorosamente. Vá acrescentando mais água e/ou farinha de milho até ir desgrudando o fundo da panela e ir tomando consistência de cuscuz.

Acrescente mais um pouco de óleo de coco. Assim que estiver pronto, unte com manteiga uma forma de pudim (plástico), corte o ovo cozido em rodelas e disponha no fundo da forma junto com folhas de salsinha, vá acrescentando o cuscuz e amassando com uma colher para ficar bem firme. Após terminar, passe uma faca sem serras envolta da forma e no meio para desgrudar o cuscuz e desenforme em um prato.

Tags:, , , ,

Categorias: Comer sem culpa

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Conhecendo a gastronomia funcional | Entre Sabores - 8 de abril de 2014

    […] >>> Use o alimento a seu favor […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: