Bagel conquista paladares pelo mundo

bagelPor Érika Soares

Em forma de uma rosca, com cobertura ou não, o versátil bagel cai bem no café da manhã, da tarde ou no lanchinho noturno, seja puro, recheado, com sabores salgados ou doces.  O diferencial deste tipo de pão de origem judaica é a que ele passa por um cozimento em água antes de ser assado no forno, o que torna sua consistência única, de casca mais lisa e miolo macio.

Há teorias sobre o motivo da iguaria ser feita dessa forma. Uma delas é que a fervura ajudava na fermentação da massa durante o frio do Leste Europeu, onde foi criado. Uma outra está ligada à tradição judaica do Sabbath. Como não podem trabalhar aos sábados, os judeus cozinhavam a massa para acelerar o processo.

Outras versões explicam sua criação e seu nome, que significa estribo em alemão, para essa delícia. O fato é que este pão vem ganhando o mundo. Embora não seja ainda muito consumido no Brasil, o bagel é o pão mais apreciado pelos americanos, em especial pelos nova-iorquinos. Tudo começou quando imigrantes da Europa Oriental chegaram aos Estados Unidos, no início do século XX.

Atualmente existem casas especializadas em bagels em São Paulo e até uma em Piracicaba, além de grandes marcas deste setor que já produzem este saboroso e diferente pão em grande escala vendidos em supermercados e padarias.

Tags:, , , , ,

Categorias: Cultura gastronômica, Doces, pães e afins

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: