Mercado Municipal de Campinas completa mais um ano

Mercado Muncipal de CampinasTexto e fotos Érika Soares Toda grande cidade tem seu mercado municipal, um espaço quase sempre cheio de histórias, que funcionam não apenas como um estabelecimento comercial, mas também de intensa convivência da população. Com o Mercado de Campinas não é diferente. Aos sábados, por exemplo, seus corredores ficam repletos de pessoas que aproveitam os atuais 143 boxes para comprar ingredientes diferenciados e frescos para suas receitas, param para degustar algumas delícias e até escutar um sambinha. As cores, odores e peculiaridades do espaço enchem os olhos de quem por ali passa. Hoje, ao completar mais um ano de vida, Entre Sabores presta sua homenagem a esse espaço, que vende de tudo um pouco, de aves e plantas a erva-mate para chimarrão, relembrando a história do nosso Mercadão. Com sua bela arquitetura tipo mourisca, projetado pelo renomado Ramos de Azevedo, o Mercado foi inaugurado em 1908 com objetivo de atender às novas necessidades da cidade e associar o produtor ao consumidor. Neste Box do mercado de Campinaspanorama, a linha férrea Funilense, que ali já se encontrava, tinha fundamental importância, pois era a responsável por escoar a produção e garantir sustentação econômica para as populações rurais no entorno de Campinas. “Com a criação do novo edifício, pessoas e atividades até então reunidas no entorno dos mercados Velho e “das Hortaliças” (Largo das Andorinhas) passaram a concentrar nessa nova porção da cidade, juntando-se a elas um grupo de fotógrafos ambulantes (lambe-lambes) que, com suas máquinas, cadeiras e baldes ofereciam aos colonos, moradores e visitantes da região um recurso há décadas desenvolvido por Hércules Florence em Campinas, a fotografia”, revela um dos painéis presentes na área externa do Mercado. Durante esses anos, como era de se esperar, foram inúmeras as mudanças ocorridas no local. Onde hoje funcionam as peixarias, por exemplo, era antigamente o lugar que chegavam os trens. E onde está “a casa de pássaros e sementes ficavam as carroças e charretes movidos a força animal. sacas de grãosEm 1983, o Mercado foi tombado pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arquitetônico e Turístico do Estado de São Paulo) e em 1995 pelo Condepaac (Conselho de Defesa do Patrimônio Artístico e Cultural de Campinas). A última reforma do espaço ocorreu em 1996, quando foram restauradas as características originais da edificação, entre elas a cor e os rococós. Serviço: Mercado Municipal de Campinas fica localizado entre as ruas Benjamim Constant, Ernesto Kullman, Barreto Leme e Álvares Machado. Com funcionamento de segunda a sábado, das 7 às 18h30. Aos domingos abre facultativamente das 7 às 12h.

Tags:, , , , , ,

Categorias: Cultura gastronômica

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

2 Comentários em “Mercado Municipal de Campinas completa mais um ano”

  1. rosely
    27 de abril de 2016 às 12:10 pm #

    onde estacionar ?

Trackbacks/Pingbacks

  1. Chef em movimento pela valorização do Mercadão de Campinas | Entre Sabores - 3 de fevereiro de 2014

    […] Relembre a história do Mercado Municipal de Campinas […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: