O poder nutritivo da banana verde

Banana VerdePor Érika Soares

À primeira vista pensar em ingerir bananas verdes provoca uma certa repugnância, num segundo momento, ao conhecer suas propriedades o olhar sobre esse alimento pode sofrer alterações. Isso porque, o purê dessa fruta ainda sem amadurecer possui um forte poder de fazer o bem para o organismo dos seres humanos.

Conhecido como biomassa, que foi criada por uma fazendeira do Vale do Ribeira, essa pasta funciona como um espessante, agrega grande valor nutricional às preparações culinárias, além de não alterar sabores, aumentar o volume dos alimentos e trazer saciedade a quem a ingere.

Dessa forma, ela é considerada um alimento funcional detentor de uma substância chamada Amido Resistente (AR), um tipo de açúcar que o corpo humano não consegue digerir não causando aumento de peso e vai parar no intestino.

“Por isso ele é considerado um Prebiótico (alimento para as nossas boas bactérias intestinais)”, explica a nutróloga Gisela Savioli no livro Escolhas e Impactos, da Editora Loyola. “Por não ser digerida, ela se torna uma fibra e, quando adicionada às preparações, faz com que o alimento vá mais lentamente ao intestino, melhorando a glicemia (o nível de açúcar no sangue) e dando mais saciedade.

Mingaus, sopas e em outras preparações podem ser acrescidas de biomassa para se tornarem mais nutritivas. Adicioná-la a sucos também é uma boa ideia.

O chef Renato Caleffi, proprietário do Restaurante Le Manjue, em São Paulo, ensina como preparar o gelinho de banana verde que enriquece essas bebidas com vitaminas e minerais e ainda alimentam.

Confira a receita:

Gelinho de banana verde

* Utensílios necessários

Liquidificador, centrífuga (opcional), espátula, peneira, panela de pressão

* Modo de preparo

Separe com faca ou tesoura as bananas verdes não aclimatizadas do cacho com cuidado para manter os talinhos na banana; lave-as bem. Coloque água em uma panela de pressão e quando abrir fervura adicione as bananas verdes com casca, feche a panela e deixe adquirir pressão.

Quando a panela começar a apitar, abaixe o fogo e deixe por 10 minutos. Desligue o fogo, não abra a panela, deixe-a perder a pressão naturalmente.

Destampe-a e descasque as bananas com o auxílio de um garfo. Em seguida centrifugue ou bata no liquidificador até transformar em uma pasta quente.

Distribua a pasta em forminhas de gelo e congele.

Quando for usar, retire um cubo de gelinho de banana verde para ser batido com os sucos de sua preferência apenas no dia seguinte para não danificar o liquidificador.

Tags:, , , , ,

Categorias: Comer sem culpa

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: